segunda-feira, 19 de maio de 2008

Pernas pra que te quero

Eu sempre pensei que a fuga era a única e/ou melhor saída. Sempre. Nada se passava aqui na cabeça senão fugir e fugir cada vez mais.Mas não consigo. Não consigo por tudo o que você me fez e faz sentir. Pra que fugir disso? Pra evitar o que? Mais sofrimento? Sofrimento maior seria eu fugir de você e consequentemente de mim. Talvez fosse o maior erro.E é por isso que vou enfrentar. Não te enfrentar, mas enfrentar esse medo que passa pelas veias no meio do meu sangue que já não é tão quente com essa sua ausência.Porque você continua me visitando todas as noites e eu te beijo, te afago, te dou o carinho que sei que você precisa. E é por isso que quero seus olhos nos meus. Pra poder te dizer que é você quem me faz seguir e sorrir e não querer mais fugir.


"Venha quando quiser, ligue, chame, escreva - tem espaço na casa e no coração, só não se perca de mim"
(Caio F. Abreu)

Um comentário:

René Piazentin disse...

Como algumas pessoas têm o dom de escrever frases definitivas em determinados momentos da nossa vida?
Adorei o Caio.
Beijos